Paulo Graça fora de prova em Marrocos

Out 16, 2012

Depois de uma etapa inaugural bastante positiva, nada fazia prever que Paulo Graça e Vítor Jesus abandonassem tão cedo o Rali de Marrocos.

A lei do deserto falou mais forte e uma armadilha do percurso acabou por ditar a má sorte da equipa portuguesa, que se mostrava bastante animada com o resultado alcançado no dia de ontem. Um verdadeiro susto, foi o que aconteceu após a Nissan Navara Off Road da Oceanotrading racing team ter galgado um verdadeiro degrau com mais de dois metros, vindo a embater de seguida de forma violenta numa saliência do terreno.

“Parecia uma verdadeira parede”, explicou Paulo Graça ainda abalado pelas dores sentidas com o embate.

O líder da Oceanotrade racing team foi transportado de helicóptero para o hospital de Er Rachidia, onde foi sujeito a exames rigorosos para despistar qualquer situação mais complicada.

“Não há nada partido. Efectuei várias radiografias e até um TAC que não acusaram nada de grave. Estou apenas dorido devido à violência do embate. Parecia que estávamos no percurso certo. Aliás, outros concorrentes que me seguiam preparavam-se para passar por ali. Depois de ter saltado um degrau com quase dois metros,  batemos violentamente numa espécie de parede. A pancada foi tão forte que até partimos um triângulo da suspensão da Navara. Lamento sinceramente que a experiência tenha sido tão curta”, afirmou, com alguma desilusão, Paulo Graça.

Vítor Jesus nada sofreu com o acidente, e depois de um natural repouso de Paulo Graça, a equipa deverá regressar a Portugal dentro de dois ou três dias.

    Deixar Resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


    *

    Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>